Estado de Minas
  • RSS RSS
  • Você está em
  • (1) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Paisagismo » Conheça 15 plantas "duras de matar" Elas resistem a quase tudo: sol intenso, sombra permanente, pouca água e até mesmo a donos inexperientes ou desatentos

Redação Lugar Certo PR - Folha de Londrina

Publicação: 05/09/2012 13:07 Atualização:

Dama-da-noite pode ser cultivada sob sol pleno ou meia-sombra e não exige regas constantes (Reprodução/Internet/Foto: Claudia Musso)
Dama-da-noite pode ser cultivada sob sol pleno ou meia-sombra e não exige regas constantes

A maioria das pessoas admira plantas ou um belo jardim, mas nem todas têm jeito e paciência para cultivá-las. Mas, mesmo na correria do dia a dia, é possível ter em casa algumas espécies de plantas "duras de matar", que resistem a quase tudo: sol intenso, sombra permanente, pouca água e até mesmo a donos inexperientes ou desatentos. Conheça 15 variedades com essas características e que podem ser facilmente cultivadas.


- Cactos são ideais para áreas externas. Eles gostam de muitas horas de luminosidade direta e pouca água. Ou seja, não tenha dó de deixá-los no sol e regue a cada sete ou dez dias.

- A clúsia pode ser cultivada até à beira-mar, onde outras plantas não sobreviveriam. Suporta de sol pleno à meia sombra, mas pede regas periódicas. Apresenta flores brancas, conhecidas como "cebola da mata"

- Facilmente adaptável, a iuca vai bem em locais fechados e também resiste a sol pleno. As regas devem ser espaçadas, deixando o solo seco na maior parte do tempo. Suas folhas costumam juntar muito pó e, por isso, devem ser limpas constantemente.

- O dasilírio gosta de sol intenso e de pouca rega. Mas é preciso tomar cuidado: sua haste serrilhada pode machucar. É recomendável plantar essa espécie em locais de pouca circulação.

- Embora tenha aparência delicada, a bulbine tolera uma ampla faixa climática, podendo ser cultivada a pleno sol ou em sombra parcial. As regas devem ser periódicas.

- Da família das suculentas, a babosa suporta tudo: sol pleno, meia sombra, pouca rega e variações bruscas de temperatura. Apresenta flores amarelas, brancas, vermelhas ou laranja.

- A espada-de-são-jorge tem crescimento lento, mas é resistente. Pode ser cultivada a pleno sol ou à meia sombra. Aguenta frio e calor e não precisa de muita água. Aliás, cuidado para não deixar o vaso encharcado.

- A moreia resiste ao frio e ao calor, mas prefere ser cultivada em clima moderado. Já as regas devem ser periódicas. Apresenta floração branca, com detalhes amarelos, e forma tufos densos. Por isso, as mudas devem ser plantadas com certa distância.

- A pacová não gosta de sol direto e se contenta com boa luminosidade. É ideal para áreas internas e varandas que não recebem muito sol. Age moderadamente, deixando o solo levemente seco entre uma rega e outra.

- A pata-de-elefante adapta-se a sol pleno, meia sombra ou luz difusa e tolera bem diferentes temperaturas. As regas devem ser espaçadas e o solo precisa ser drenável, para evitar o apodrecimento das raízes.

- A crassula tem crescimento rápido e pode ser cultivada em áreas internas ou externas, adaptando-se facilmente. Prefere uma boa dose de luminosidade diária e pede pouca rega.

- Sol pleno não é com ela: a herbácea zamioculca gosta mesmo é de lugares sombreados e áreas internas. Quanto às regas, é preferível deixá-la passar sede a regar em excesso.

- A agave pode ser cultivada à meia sombra, mas se desenvolve melhor a pleno sol. As regas devem ser regulares, porém sem exageros, e é recomendada a retirada dos brotos laterais em excesso.

- Além de muito bonita e cheirosa, a dama-da-noite pode ser cultivada sob sol pleno ou meia-sombra. Não exige regas constantes. Pode ser molhada apenas uma vez por semana. Geadas fortes ou frio intenso são seus pontos fracos. Pode ser plantada no chão ou em vasos. As podas devem ser efetuadas após a floração principal. Multiplica-se facilmente por estaquia dos ramos.

- A xanadu não aceita muito sol. Em compensação, fica bem à vontade em áreas de sombra ou meia sombra. As regas devem ser regulares: até duas vezes por semana, se estiver plantada no chão, e três vezes, se estiver em um vaso na varanda.

Esta matéria tem: (1) comentários

Autor: Jose Junior
Você encontra todas essas variedades na Floricultura Forte Grama, av. Silva Lobo 2373 no Grajaú, a maior Floricultura da cidade! Eu recomendo. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro, Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »